Tuesday, May 17, 2005

sofregamente

- do que é que mais gostas em mim?
- de ti

(C) TCA Posted by Hello

_______________________________________
Quero sentir a minha mão errante
errando em tua pele, sem destino.
Tua saliva eu quero penetrante
queimando minha boca, em desatino.

Quero em meu gesto a placidez do andante
e no meu peito o allegro libertino.
Quero inscrever a imensidão no instante
cristalizado em versos de Aretino.

Eu quero todas as paixões do mundo
e todos os amores em congresso.
E quero a eternidade do segundo

Num tempo sem partida nem regresso.
Quero um desejo lúcido, fecundo,
pecaminoso, cúmplice e inconfesso.

Victor Giudice
(descobri aqui)

7 comments:

Anonymous said...

Provocante...

wind said...

Lindíssimo e sensual poema. Bom "risco":) beijos

Ana Russo said...

... e do sorriso... :)

Elvira said...

Muito belo. Muito sensual. Adorei!

Manoel Carlos said...

Lindo soneto,maso ponto alto são as imagens que ilustram o Abstrato Concreto.

Anonymous said...

Dos teus desenhos que mais gosto, arrisco a dizer, para mim o melhor.
Nele me revejo paixão, desejo e sofreguidão de ter.
Nele me sinto Tua..nele me sinto nua

Andreia C.

Margem... said...

O que mais gosto em ti?
de ti. Sim. Tudo em ti.

Muitos beijos TC