Thursday, May 12, 2005

quotidianos tristes


(C) TCA Posted by Hello

Rotina...
essa inimiga do saboroso
Destruidora da paixão
consumidora da retina

Rotina...
amante do stress
Cálida estufa de pétalas
ritmo marcante de concertina

Que me afoga
...atormenta
Faz de conta que me roga
mas só me afugenta!

poema de jorge assunção roubado aqui: D'Alfange - Poesia e não só ...

11 comments:

wind said...

A rotina é algo mau. Gostei dos "riscos", parecem mesmo a rotina. beijos

jorgebond'alfangeassunção said...

TCA; garanto que depois deste "roubo" me tornei bem mais rico, ;) Obrigado amigo p'la eleição deste trabalho, por ser bastante pessoal, derivado ao meu empenho em novas obras, :) Abraços Fortes. jorge assunção

O Micróbio said...

Mas que emaranhado de riscos... bom fim de semana...

Andrea Motta said...

Belo trabalho em cima do poema do Jorge, parabéns a ambos. Bom final de semana.Beijos. Andréa Motta

dale music said...

Dale is in da house!

Anonymous said...

Está espetaculo a tua cidade rotineira, ó abstracto. A maneira como ilustras as coisas pela simplicidade continua a maravilhar-me. A rotina dos retangulos forma o elo e a ideia está boa. Adorei o poema.

Micas said...

Os teus "riscos" ilustram exactamente as palavras do poema, excelente.
Amanhã aparece na "Micas" para beber um copo ;) Bjs

zezinho said...

O poema é belissimo.
Saímos todos a ganhar.
Um abraço TCA.

Menina_marota said...

Um conjunto assaz espectacular!

A rotina é isso tudo!!

Abraço ;-)

pandora said...

dve ser isto que me anda a consumir... definitivamente, so pode ser isto, a vida arrumada, ou desarrumada, dentro das suas caixinhas!
:)

Margem... said...

Este teu post, calou-me profundamente.. tão profundamente..

Um beijo grande TC.