Thursday, April 07, 2005

Sorrow

- You can't imagine the way I feel...
- No, no one can.

Posted by Hello

21 comments:

O Micróbio said...

No, no one can...

Luna said...

no..but I'm gona try...

lique said...

Mas quem é que pode imaginar a forma como outra pessoa se sente? É será que dizer isso em inglês tem mais significado? :) O desenho está, como sempre, um espectáculo. Beijos

contadordehistorias said...

às vezes nem o próprio sabe...


abraço

wind said...

Genial o teu "risco",. POde-se ter uma ideia de como a pessoa está, mas não imaginar, porque não se sente na pele

paper life said...

Espectacular desenho!

:)

Rafael Reinehr said...

Upa la lá!

A todo vapor, digníssimo amigo!

Ótima sua nova casa! Vejo que andas com todo gás!

Estarei por aqui conferindo seus trabalhos, de tempos em tempo!

Cuide-se!

lima said...

Unimaginable thoughts, those of yours.

lima said...

Unimaginable thoughts, those of yours.

verca said...

Wow, I like simplicity. Some thoughts you have to keep for yourself ;-)

paper life said...

:)
Um Prazer de ver!

Lia Costa Carvalho said...

teu traço diz muito. Gostei deste espaço,tca.bj

Anonymous said...

Excelente!Dois traços uma fisionomia.Arte por um canudo2

Menina_marota said...

Parece-me ser mais fácil a entrada agora aqui!

Será do novo visual?

Pelo menos consigo comentar. E, em português como gosto...

Um traço perfeito, numa imagem sóbria e distinta. Gostei.

Abraço :-)

Friedrich said...

Magnifíco, com três traços apenas, se desenha um rosto... descreve-lo a falar levava muito mais tempo!

Abraços

http://babushka.blogs.sapo.pt/

Luís Miguel said...

Viciantes, estes traços.
.
Bom fim de semana para ti.
.
.

Elvira said...

Muito lindo.

MalucaResponsavel said...

cm sbs adoro os teus "riscos", e o pekno dialogo introdutorio acaba cmg... jks

Azul said...

Sensível, destemido, atento, suavemente encontrado o lugar do outro... O lápis acontece num esgar de afectos transformados em tinta permanete dos nossos dias. O Abraço aguardado espara-nos neste blog, e eu anseio pelo brilho do olhar do seu autor, que me deixa encantada a cada visita que lhe faço. Parabéns mais uma vez pela clareza do seu traço. Com Admiração. Azul.

Anonymous said...

i can my dear... i can... falamos no msn... andorinha

Anonymous said...

entendo... testando a vida ... a cientista