Monday, April 18, 2005

madrugada


(C) TCA Posted by Hello

Na madrugada
em que me quero tua
imagem reflectida
de cobiça e deleite
olho o espelho
são invisíveis as palavras
que desenhei em rodapé
rasgo-me
para que ninguém me leia
risco-me
para que ninguém sublinhe
bocados meus
visto-me de bold
para um eu maior
apago-me
e não me dou a conhecer

Para ti
pinto-me em aguarelas de arco-iris

rodapé in desfolhada. obrigado

15 comments:

wind said...

Lindo poema e lindos "riscos". Belo post:) beijos

Ana Russo said...

E eu que pensava que o "homem dos riscos" tinha desaparecido... tal como eu :) Bj. Penelope

puDin said...

q bonito.
:)

Pdivulg said...

Perdi-me vindo do sapo e aterrei aqui, gostei das tuas cores.
PDivulg
( http://lacosazuis.blogs.sapo.pt )

Pecola said...

Sabe bem acordar e percorrer estes traços pela manhã.. :)

O Micróbio said...

Nota-se bem o nascer do sol...

mad said...

Quanto mais aqui venho mais me orgulho de ver o nome do meu blog ali ao lado.
Obrigada.
Bj

Menina_marota said...

Uma beleza. O conjunto. Não há forma de escolher o melhor.
Abraço ;-)

Litostive said...

"Visto-me de bold para um eu maior"

Ai nem consigo comentar...

Beijo...
Litostive

Alvo Luto
http://litostive.blogspot.com

eu33 said...

Para quem amamos pintamo-nos de mil cores, mas nunca podemos deixar que a nossa cor desbote. Ela deverá ser cheia de matizes e capaz de se alargar para uma palete de cores única e insbstituível. O teu novo espaço está tb muito bonito. Fica bem,

Seila said...

uma honra e uma responsabilidade e para o TCA um beijinho

Sara said...

Madrugada de cores quentes para um dia em pleno ;)
Beijocas

colibri said...

Belo poema!

Os teus riscos, bem é deles que venho sempre à procura com este ououtro nick...

:)

Anonymous said...

Já se vê o sol a nascer.Riscos bem riscados.Cumprimentos.Arte por um canudo 2

folhasdemim said...

Ufa! Lá consegui colocar o desenho. Bem me parecia que não seria assim tão difícil... E tá lá lindo! Até combina com as cores do blog e tudo :) Obrigada pela ajuda e pelos teus riscos. Beijos